como saber se tenho direito ao auxilio inclusao

Como ter auxílio inclusão?

O Auxílio Inclusão é um valor de renda dado a pessoas com alguma deficiência, para que retornem ao mercado de trabalho.

Se você tem renda baixa ou conhece alguém que tem e tem alguma deficiência, é importante saber como ter o benefício.

Por isso acompanhe este artigo e saiba tudo sobre como conseguir o Auxílio Inclusão.

como saber se tenho direito ao auxilio inclusao
Como fazer para ter o Auxílio Inclusão passo a passo – Foto: Canva Pro

O que é o Auxílio Inclusão?

Recentemente, o Governo Federal alterou as regras para que os beneficiários possam ter acesso ao Auxílio Inclusão.

Em geral, o Auxílio Inclusão é dado às pessoas que apresentam deficiência moderada ou grave e que recebem o Benefício de Prestação Continuada.

Além disso, também valem para pessoas com deficiência grave ou moderada.

E que tenham recebido o benefício assistencial nos últimos cinco anos, conseguindo um trabalho remunerado para receber até dois salários-mínimos.

Entretanto, atenção! Duas alterações importantes foram feitas.

Agora pessoas com baixa renda e com deficiência que iniciaram atividade militar também têm direito ao Auxílio Inclusão.

Entretanto elas precisam ser beneficiárias do Benefício de Prestação Continuada nos últimos cinco anos.

Ou seja, um novo grupo de pessoas começou a ter acesso a esse benefício, incluindo bombeiros, policiais militares e das Forças Armadas.

Além disso, pessoas com deficiência, exercendo trabalho autônomo (sem registro em carteira) também podem participar do programa.

Mas precisam também recolher a contribuição para o INSS como contribuintes individuais para ter direito ao Auxílio Inclusão.

E por último, pequenos produtores rurais, que não contribuem ao INSS, também terão direito ao programa.

Quem tem direito ao Auxílio Inclusão?

Em resumo, pessoas com deficiência grave ou moderada e que:

  • Recebem o Benefício de Prestação Continuada atualmente ou receberam esse benefício nos últimos 5 anos;
  • Exercem atividade remunerada recebendo até R$ R$ 2.424,00 de renda, com carteira registrada;
  • Trabalhadores autônomos que contribuem para o INSS como contribuinte individual;
  • Tenham inscrição no Cadastro Único do Governo Federal;
  • Pequenos produtores rurais;
  • Estejam com o CPF regularizado.

Como solicitar o Auxílio Inclusão?

Agora que você já sabe quem tem direito de solicitar este benefício, veja como fazer essa solicitação.

Em resumo, você pode entrar no site Meu INSS e no cadastro fazer a solicitação do benefício.

Também há a opção de baixar o aplicativo Meu INSS em sua loja de aplicativos do celular. Outra forma é através do telefone 135.

Com o acesso, você precisará apresentar os seguintes documentos para que o pedido do benefício seja feito:

Número do CPF, número do benefício e cadastro único atualizado.

A resposta da solicitação para o Auxílio Inclusão é dada em até 30 dias.

Em suma, você pode conferir mais detalhes da resposta pelo site Meu INSS, aplicativo ou novamente pelo telefone 135.

Acesse estes artigos para ficar por dentro também:

O que fazer se o seu cadastro ao Auxílio Inclusão for negado?

Se após os 30 dias de prazo informado pelo INSS ao realizar a solicitação, a resposta for negativa, existe possibilidade de recorrer.

Para isso, é necessário entrar em contato com o INSS e solicitar a revisão do auxílio, terão em novo prazo para análise.

No entanto, é importante entender se todos os requisitos foram atendidos para estar elegível.

Contudo, se algum dos requisitos não forem atendidos, automaticamente o pedido será recusado, conforme premissa.

Nós da equipe do blog Bem Atual esperamos que este artigo tenha sido útil para você e esclarecido as suas dúvidas.

Fique de olho por aqui que nós sempre estaremos postando novidades sobre os benefícios para você.